segunda-feira, junho 05, 2006

Até que o adro da igreja nos separe...

.
(Mordillo)

2 Comentários:


Anonymous papoil@ disse...

Como foram sensatos...viveram felizes para sempre!!!(ou não...)

05/06/06, 21:31  

Blogger Cláudio disse...

Se calhar o casal era supersticioso... e como não havia ali ninguém para lhes atirar com o arroz em cima (dizem que dá sorte, não é)...

05/06/06, 22:35  

Enviar um comentário