quinta-feira, setembro 28, 2006

Miles Davis "Mystery"

3 Comentários:


Blogger romã disse...

ora aqui está uma boa escolha!

28/09/06, 10:46  

Blogger Anagwen disse...

Escreves como se o tempo não pudesse acabar. Fico sem fôlego a tentar acompanhar-te. Deixo-te no barbeiro e regresso a meio de um filme, viro uma página e é o som do trompete de Miles Davis que me rouba os sentidos. E recomeças. Passava horas aqui a reconstituir as tuas pistas. "Num labirinto de emoções".
Hoje tinha de to dizer :)
Beijinho

29/09/06, 01:46  

Blogger Cláudio disse...

Romã: Miles Davis é daqueles senhores imprescindíveis em qualquer playlist, não é?

Anagwen: à custa deste ritmo de postagem tenho queimado as pestanas ao longo de noites em que procuro arrumar os vários sentires. O tempo só se suspende nas poucas horas de sono. Vou deixando pistas de mim, dos outros, do que me rodeia e fico feliz por haver quem se interesse e perca um pouco do seu tempo a tentar reuni-las. Reconstituir é uma espécie de procura subjectiva por uma saída nesse labirinto de várias entradas. As tuas palavras são daquelas que me fazem mesmo desejar que o tempo não acabe nunca, que me dão força para continuar a viajar de um lado para o outro através do que escrevo. E comigo, nessas percursos, desejo sempre ter por companhia quem me lê. :)

01/10/06, 22:59  

Enviar um comentário