sábado, janeiro 20, 2007

Stars

.
Estrelas me dizem onde moro quando contemplo os céus e das fachadas se derramam nos passeios.

O bairro era um autêntico labirinto de ruas. A música que provinha dos bares, mesclava-se cá fora com as conversas. E à nossa frente, a nossa estrela saltitante em céu nocturno...

Perscrutava-te o sorriso, quando graciosa furavas por entre a multidão. Voltavas luminoso o rosto a inteirares-te de que te seguia. Acho que te lia nos olhos que te sabia bem estar sob o foco dos meus...

Estendias-me as mãos como quem me queria levar em subida, ascender contigo num recanto que se tornasse nosso. E sabia-me bem ser levado assim...

Abancar num sítio calmo, poder falar contigo, desabafar das entranhas o que só guardamos para nós, aquelas confidências que se gravam nas pedras que nos escutam, que tonram as horas e os lugares pertença nossa.
A felicidade de um ombro assim, é para mim da mesma natureza que a luz que flui do conforto de uma casa de prodígios.
.

4 Comentários:


Blogger magarça disse...

Este blogue está ainda mais bonito desde a útima vez que o visitei.

21/01/07, 18:10  

Blogger Maria P. disse...

Excelente descrição? ou confissão? ou a simples e bela narração de um sentimento?...

Boa semana*

21/01/07, 21:50  

Blogger angi disse...

se as coisas te entrassem pelos olhos e saíssem depois, transformadas por ti, eram tão mais bonitas. como este espaço teu aqui. um cantinho precioso.

22/01/07, 15:28  

Blogger Cláudio disse...

Obrigado Magarça :) Foi tudo obra de uma remodelação para tornar a casa mais arejada. Penso que consegui melhorar a forma, vamos a ver o que faço em relação ao conteúdo. Espero por dias mais inspirados...

Maria P., descrevo, confesso e narro :) Um pouco de cada. Gosto de deambular pela cidade, unir os fios das vivências, demorar-me nos recantos saudosos de mim. Queria ser capaz de escrever um poema que tornasse perfeitas as impressões que aqui deixei, que se aproximassem realmente e honrassem esses momentos vividos como eles mereciam. Boa semana para ti também. *

Angi, começa a ser difícil responder-te :) Começo por um sinal de humildade, dizendo que não mereço tanto mimo. É melhor avisar-te que entrar pela via do mimo pode eventualmente ser perigoso, porque pessoa mimada que sou posso habituar-me... Preciosas são as palavras que me aconchegam de cada vez que visito o teu espaço. É lá onde todos os dias vou renovando o olhar e o leque da sensibilidade. Já te disse que acho único o teu olhar e que ele é sublimado em cada palavra que usas? Beijinho.

22/01/07, 17:35  

Enviar um comentário