segunda-feira, novembro 05, 2007

Fronteiras

.
Desconhecidos (re)pousam o olhar uns nos outros. Prolongam-no até às últimas. Na expectativa de que desse limiar se instale outro sentimento que não o desconforto.
.

2 Comentários:


Blogger Daniela disse...

linda... gostei muito... ;)

18/11/07, 19:12  

Blogger Paula disse...

Por vezes gera-se um olhar eterno como sempre tivessemos conhecido um estrangeiro que nunca conhecemos... Não virá o desconforto que sentimos às vezes de nós mesmos, de nos sentirmos isolados, da imagem que projectamos no outro e afinal de que temos medo...?

25/11/07, 23:28  

Enviar um comentário